Imagem Ilustrativa

SAL PROTEINADO

Salminas Proteinado Trans Seca

Sal proteinado com 20% de proteina bruta  para ser usado durante o período da seca.

NÍVEIS DE GARANTIA POR KG DO PRODUTO:
Cálcio(máximo): 75 g
Cálcio(mínimo): 60 g
Cobalto(mínimo): 20 mg
Cobre(mínimo): 400 mg
Enxofre(mínimo): 6 g
Fluor(máximo): 202 mg
Fósforo(mínimo): 15 g
Iodo(mínimo): 50 mg
Manganês(mínimo): 400 mg
Proteina bruta(mínimo): 200 g
NNP-Eq.de proteina(máximo): 170 g

 

MODO DE USAR:
Para adaptação dos animais à uréia, regular o consumo da seguinte maneira:

PRIMEIRA SEMANA:100 g/cabeça/dia do SALMINAS PROTEINADO TRANS-SECA

SEGUNDA SEMANA: 150 g/cabeça/dia do SALMINAS PROTEINADO TRANS-SECA

TERCEIRA SEMANA EM DIANTE: SALMINAS PROTEINADO TRANS-SECA à vontade

– Fornecer o produto sempre em cochos cobertos e/ou com sistema que evite acúmulo                 de água

– Manter boa disponibilidade de pasto

– Manter o cocho com o produto

– Não fornecer o produto para animais em jejum, famintos e debilitados

– Procurar o profissional habilitado de sua confiança em caso de intoxicação

CONSUMO PREVISTO:100g/100kg de peso vivo

Selênio(mínimo): 8 mg / Sódio(mínimo): 39 g
Zinco(mínimo): 800 mg

Salminas Engorda

Sal mineral com proteina e monensina sódica  para ser usado durante o período das chuvas. A monensina sódica é um ionóforo que melhora a utilização de energia  fazendo com que o animal ganhe mais peso ingerindo a mesma quantidade de alimento.

NÍVEIS DE GARANTIA POR KG DO PRODUTO:
Cálcio(máximo): 70 g
Cálcio(mínimo): 50 g
Cobalto(mínimo): 50 mg
Cobre(mínimo): 600 mg
Enxofre(mínimo): 15 g
Fluor(máximo): 270 mg
Fósforo(mínimo): 20 g
Iodo(mínimo): 100 mg
Manganês(mínimo): 1000 mg
Monensina sódica: 600 mg
Proteina bruta(mínimo): 105 g
Selênio(mínimo): 9 mg
Sódio(mínimo): 78 g
Zinco(mínimo): 2000 mg

MODO DE USAR:  Fornecer o SALMINAS ENGORDA durante o período de chuvas.

Fornecer o SALMINAS ENGORDA em cocho coberto, à vontade para os animais

Manter o cocho sempre com o SALMINAS ENGORDA para assegurar o melhor aproveitamento do alimento ingerido

Não fornecer o SALMINAS ENGORDA a equídeos, pois pode ser fatal.

Consumo previsto: 40 g/100 kg de peso vivo

Salminas Proteinado

Sal proteinado com 48% de proteina bruta e 4% de fósforo para ser usado por bovinos durante o período da seca.

NÍVEIS DE GARANTIA POR KG DO PRODUTO:
Cálcio(máximo):75 g
Cálcio(mínimo): 60 g
Cobalto(mínimo): 50 mg
Cobre(mínimo): 600 mg
Enxofre(mínimo): 6,9 g
Fluor(máximo): 540 mg
Fósforo(mínimo): 40 g
Iodo(mínimo): 100 mg
Manganês(mínimo): 1000 mg
Proteina bruta(mínimo): 480 g
NNP-Eq.de proteina(máximo): 400 g
Selênio(mínimo): 10 mg
Sódio(mínimo) : 78 g
Zinco(mínimo): 1000 mg

 

MODO DE USAR:
Para adaptação dos animais à uréia, regular o consumo da seguinte maneira:

PRIMEIRA SEMANA: 100 g/cabeça/dia do SALMINAS PROTEINADO

SEGUNDA SEMANA: 150 g/cabeça/dia do SALMINAS PROTEINADO

TERCEIRA SEMANA EM DIANTE: SALMINAS PROTEINADO  à vontade

– Fornecer o produto sempre em cochos cobertos e/ou com sistema que evite acúmulo de água

– Manter boa disponibilidade de pasto

– Manter o cocho com o produto

– Não fornecer o produto para animais em jejum, famintos e debilitados

– Procurar o profissional habilitado de sua confiança em caso de intoxicação

CONSUMO PREVISTO: 65g/100kg de peso vivo

 

Salminas Proteinado Seca

Sal proteinado com 30% de proteina bruta  para ser usado durante o período da seca.

NÍVEIS DE GARANTIA POR KG DO PRODUTO:
Cálcio(máximo): 85 g
Cálcio(mínimo): 70 g
Cobalto(mínimo): 20 mg
Cobre(mínimo): 400 mg
Enxofre(mínimo): 6 g
Fluor(máximo): 243 mg
Fósforo(mínimo): 18 g
Iodo(mínimo): 50 mg
Manganês(mínimo): 500 mg
Proteina bruta(mínimo): 300 g
NNP-Eq.de proteina(máximo): 255 g
Selênio(mínimo): 10 mg
Sódio(mínimo): 39 g
Zinco(mínimo): 800 mg

 

MODO DE USAR:
Para adaptação dos animais à uréia, regular o consumo da seguinte maneira:

PRIMEIRA SEMANA: 100 g/cabeça/dia do SALMINAS PROTEINADO SECA

SEGUNDA SEMANA: 150 g/cabeça/dia do SALMINAS PROTEINADO SECA

TERCEIRA SEMANA EM DIANTE: SALMINAS PROTEINADO  SECA à vontade

– Fornecer o produto sempre em cochos cobertos e/ou com sistema que evite acúmulo de água

– Manter boa disponibilidade de pasto

– Manter o cocho com o produto

– Não fornecer o produto para animais em jejum, famintos e debilitados

– Procurar o profissional habilitado de sua confiança em caso de intoxicação

CONSUMO PREVISTO:100g/100kg de peso vivo

Salminas Reprodução TE

Suplemento mineral vitamínico, com proteina e monensina sódica, para ser usado por vacas e novilhas em reprodução. A monensina sódica é um ionóforo que melhora a utilização de energia fazendo com que o animal ganhe mais peso ingerindo a mesma quantidade de alimento.

NÍVEIS DE GARANTIA POR KG DO PRODUTO:

Cálcio(máximo) : 120 g
Cálcio(mínimo) : 100 g
Cobalto(mínimo) : 100 mg
Cobre(mínimo) : 864 mg
Enxofre(mínimo) : 15 g
Fluor(máximo) : 540 mg
Fósforo(mínimo) : 40 g
Iodo(mínimo) : 100 mg
Manganês(mínimo) : 1456 mg
Monensina sódica : 600 mg
Proteina bruta(mínimo) : 120 g
Selênio(mínimo) : 31,5 mg
Sódio(mínimo) : 39 g
Zinco(mínimo) : 4000 mg

 

MODO DE USAR:
Fornecer o SALMINAS REPRODUÇÃO TE em cocho coberto, à vontade para os animais ou por ingestão forçada.

Manter o cocho sempre com o SALMINAS REPRODUÇÃO TE para assegurar o melhor aproveitamento do alimento ingerido

Não fornecer o SALMINAS REPRODUÇÃO TE a equídeos, pois pode ser fatal.

Consumo previsto:65 g/100 kg de peso vivo.

 

SALMINAS TERMINAÇÃO

Suplemento mineral vitamínico, com proteina e monensina sódica, para ser usado por bovinos em terminação. A monensina sódica é um ionóforo que melhora a utilização de energia fazendo com que o animal ganhe mais peso ingerindo a mesma quantidade de alimento.

NÍVEIS DE GARANTIA POR KG DO PRODUTO:

Cálcio(máximo) : 70 g
Cálcio(mínimo) : 50 g
Cobalto(mínimo) : 50 mg
Cobre(mínimo) : 600 mg
Enxofre(mínimo) : 15 g
Fluor(máximo) : 270 mg
Fósforo(mínimo) : 20 g
Iodo(mínimo) : 100 mg
Manganês(mínimo) : 1000 mg
Monensina sódica : 600 mg
Proteina bruta(mínimo) : 105 g
Selênio(mínimo) : 9 mg
Sódio(mínimo) : 78 g
Zinco(mínimo) : 2000 mg

 

MODO DE USAR:
Fornecer o SALMINAS TERMINAÇÃO em cocho coberto, à vontade para os
animais ou por ingestão forçada.

Manter o cocho sempre com o SALMINAS TERMINAÇÃO para assegurar o
melhor aproveitamento do alimento ingerido

Não fornecer o SALMINAS TERMINAÇÃO a equídeos, pois pode ser fatal

. Consumo previsto: 40 g/100 kg de peso vivo

 

Salminas Engorda PE

Sal mineral proteico, energético e vitamínico  para bovinos em engorda a pasto, para ser utilizado pelos animais sob pastagens de boa qualidade. Com seu uso adequado, os bovinos chegam a ganhar até 1,200 kg/cabeça/dia( dependendo do pasto e do potencial de ganho do animal).

NÍVEIS DE GARANTIA POR KG DO PRODUTO:
Cálcio(máximo): 20 g
Cálcio(mínimo): 10 g
Cobalto(mínimo): 2 mg
Cobre(mínimo): 60 mg
Enxofre(mínimo): 10 g
Fluor(máximo): 41,94 mg
Fósforo(mínimo): 4 g
Iodo(mínimo): 30 mg
Monensina sódica: 110 mg
Proteina bruta(mínimo): 300 g
NNP-Eq.de proteina(máximo): 170 g
Selênio(mínimo): 4 mg
Sódio(mínimo): 31 g
Zinco(mínimo): 300 mg

 

MODO DE USAR:
Para adaptação dos animais à uréia, regular o consumo da seguinte maneira:

PRIMEIRA SEMANA:Misturar 25% do SALMINAS ENGORDA PE com 75% do sal mineral em uso e deixar a vontade para os animais.

SEGUNDA SEMANA: Misturar 50% do SALMINAS ENGORDA PE com 50% do sal mineral em uso e deixar a vontade para os animais.

TERCEIRA SEMANA: Misturar 75% do SALMINAS ENGORDA PE com 25% do sal mineral em uso e deixar a vontade para os animais.

QUARTA SEMANA EM DIANTE: Deixar o SALMINAS ENGORDA PE a vontade para os animais.

– Fornecer o produto sempre em cochos cobertos e/ou com sistema que evite acúmulo de água

– Manter boa disponibilidade de pasto

– Manter o cocho com o produto

– Não fornecer o produto para animais em jejum, famintos e debilitados

– Procurar o profissional habilitado de sua confiança em caso de intoxicação

CONSUMO PREVISTO: 0,4% do peso vivo do animal.

 

Salminas Pró-Leite

Sal mineral proteico, energético e vitamínico para vacas em lactação com as seguintes características:

-Pode ser utilizado para todo o rebanho, com exceção dos bezerros em aleitamento;

-Pode ser utilizado o ano todo

-Além dos minerais, fornece proteina, energia e vitaminas para os animais

-Aumenta a produção de leite

-Melhora o desempenho reprodutivo das vacas e novilhas

-Contém monensina sódica

NÍVEIS DE GARANTIA POR KG DO PRODUTO:
Cálcio(máximo): 70 g
Cálcio(mínimo): 50 g
Cobalto(mínimo): 10 mg
Cobre(mínimo): 150 mg
Enxofre(mínimo): 5 g
Fluor(máximo): 196 mg
Fósforo(mínimo): 14 g
Iodo(mínimo): 20 mg
Manganês(mínimo):500 mg
Monensina sódica: 250 mg
Proteina bruta(mínimo): 300 g
NNP-Eq.de proteína(máximo): 220 g
Selênio(mínimo): 5 mg
Sódio(mínimo): 50 g
Zinco(mínimo): 600 mg
Vitamina A(mínimo): 16000 UI
Vitamina D3(mínimo): 3200 UI
Vitamina E(mínimo): 10 UI

 

MODO DE USAR:
Para adaptação dos animais à uréia, regular o consumo da seguinte maneira:

PRIMEIRA SEMANA:Misturar 25% do SALMINAS PRÓ-LEITE com 75% do sal mineral em uso e deixar a vontade para os animais.

SEGUNDA SEMANA: Misturar 50% do SALMINAS PRÓ-LEITE com 50% do sal mineral em uso e deixar a vontade para os animais.

TERCEIRA SEMANA: Misturar 75% do SALMINAS PRÓ-LEITE com 25% do sal mineral em uso e deixar a vontade para os animais.

QUARTA SEMANA EM DIANTE: Deixar o SALMINAS PRÓ-LEITE a vontade para os animais.

– Fornecer o produto sempre em cochos cobertos e/ou com sistema que evite acúmulo de água

– Manter boa disponibilidade de pasto

– Manter o cocho com o produto

– Não fornecer o produto para animais em jejum, famintos e debilitados

– Procurar o profissional habilitado de sua confiança em caso de intoxicação

CONSUMO PREVISTO: 1 a 2 g por kg de peso vivo do animal